terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Minhas impressões – Desventuras em série 1, 2, 3 e 4 – Lemony Snicket

Como essa série é composta por 13 livros, mas livros bem curtinhos, achei mais proveitoso dividir as resenhas em blocos. Esse é o primeiro bloco, composto pelos livros 1, 2, 3 e 4.


Livro 01 – Mau começo
Após a morte dos pais no incêndio que destruiu a mansão onde moravam, Violet, Klaus e Sunny Baudelaire descobrem que irão ficar sob a tutela de um parente distante, o conde Olaf, um ator que mora nas imediações da cidade. Quem toma essa decisão é o sr. Poe, amigo da família e responsável pelo testamento do sr. e sra. Baudelaire. As crianças nunca ouviram falar desse primo distante, e ficam receosas sobre a situação. Quando chegam à casa do conde, os órfãos percebem que seus dias por lá não serão nem um pouco agradáveis. Os raros momentos de tranquilidade que eles experimentam acontecem quando vão à casa da vizinha do conde, a juíza Strauss. E eles só podem ir até lá quando Olaf não está em casa, e se já terminaram a lista de tarefas que ele deixou para que realizem. O conde Olaf tem um plano para se apossar da fortuna das crianças, e não sossegará enquanto não conseguir.

Nome: Mau começo – Livro 01
Autor: Lemony Snicket
Editora: Seguinte
Sinopse:
Mau começo é o primeiro volume de uma série em que Lemony Snicket conta as desventuras dos irmãos Baudelaire. Violet, Klaus e Sunny são encantadores e inteligentes, mas ocupam o primeiro lugar na classificação das pessoas mais infelizes do mundo. De fato, a infelicidade segue os seus passos desde a primeira página, quando eles estão na praia e recebem uma trágica notícia. Esses ímãs que atraem desgraças terão de enfrentar, por exemplo, roupas que pinicam o corpo, um gosmento vilão dominado pela cobiça, um incêndio calamitoso e mingau frio no café da manhã. É por isso que, logo na quarta capa, Snicket avisa ao leitor: "Não há nada que o impeça de fechar o livro imediatamente e sair para uma outra leitura sobre coisas felizes, se é isso que você prefere".

*********************


Livro 02 – A sala dos répteis
O sr. Poe fica novamente responsável pelos Baudelaire, depois de ficar claro que o conde não é a pessoa mais indicada para cuidar das crianças. Dessa vez, ele decide leva-los para morar com outro parente, que mora em um local mais afastado. Os órfãos ficam muito receosos em conhecer o sr. Montgomery, que é especialista em répteis, mas logo percebem que estarão muito bem ficando com ele, que logo pede para ser chamado de tio Monty. O que nenhum deles imaginava era que Olaf daria um jeito de acabar com a paz de todos em busca da fortuna.

Nome: A sala dos répteis – Livro 02
Autor: Lemony Snicket
Editora: Seguinte
Sinopse:
Lemony Snicket é um autor que não pode ser acusado de falta de franqueza. Sabe que nem todo mundo suporta as tristezas que ele conta e por isso - para que depois ninguém reclame - faz questão de avisar: "Se você esperava encontrar uma história tranquila e alegre, lamento dizer que escolheu o livro errado. A história pode parecer animadora no início, quando os meninos Baudelaire passam o tempo em companhia de alguns répteis interessantes e de um tio alto-astral, mas não se deixem enganar...".Os Baudelaire têm mesmo uma incrível má sorte, mas pode-se afirmar que a vida deles seria bem mais fácil se não tivessem de enfrentar o tempo todo as armadilhas de seu arquiinimigo: o conde Olaf, um homem revoltante, gosmento e pérfido. Em Mau começoele deu uma pequena amostra do que é capaz de fazer para infernizar a vida de Violet, Klaus e Sunny Baudelaire - e aqui as coisas só pioram.

*********************


Livro 03 – O lago das sanguessugas
Após a breve estadia dos órfãos com tio Monty e toda a intervenção infrutífera do conde Olaf para ficar novamente com a guarda deles, o sr. Poe os leva para a casa da tia Josephine, que fica no cume de um morro, sobre o Lago Lacrimoso. Tia Josephine é a mais medrosa das criaturas, mas não pensa duas vezes em acreditar no conde Olaf quando ele aparece disfarçado de capitão e bola mais um plano para ficar com a fortuna das crianças. Mais uma vez as vilanias do conde obrigam o sr. Poe a levar as crianças para outro lugar.

Nome: O lago das sanguessugas – Livro 03
Autor: Lemony Snicket
Editora: Seguinte
Sinopse:
O misterioso autor das Desventuras em Série não só alcançou a lista de best-sellers infanto-juvenis do New York Times, como conseguiu entrar em todas as outras principais referências de vendagem americanas. Com sua estranha franqueza, na contracapa deste livro ele manda um recado a seus possíveis leitores: Caro leitor,Se você ainda não leu nada sobre os órfãos Baudelaire, é preciso que antes mesmo de começar a primeira frase deste livro fique sabendo o seguinte: Violet, Klaus e Sunny são legais e superinteligentes, mas a vida deles, lamento dizer, está repleta de má sorte e infelicidade. Todas as histórias sobre essas três crianças são uma tristeza e uma verdadeira desgraça, e a que você tem nas mãos talvez seja a pior de todas. Se você não tem estômago para engolir uma história que inclui um furacão, uma invenção para sinalizar pedidos de socorro, sanguessugas famintas, caldo frio de pepinos, um horrendo vilão e uma boneca chamada Perfeita Fortuna, é provável que se desespere ao ler este livro. Continuarei a registrar essas histórias trágicas, pois é o que sei fazer. Cabe a você, no entanto, decidir se verdadeiramente será capaz de suportar esta história de horrores. Respeitosamente, Lemony Snicket


*********************



Livro 04 – Serraria baixo-astral
Violet, Klauss e Sunny são levados pelo sr. Poe para morar com Senhor, que é dono da Serraria Alto Astral. Em frente a serraria há uma casa em formato de olho, que lembra a tatuagem do conde Olaf. Os órfãos ficam alarmados, mas entram na serraria. Eles descobrem que terão que trabalhar para seu tutor em troca de um lugar no alojamento para dormir. Poucos dias depois, o capataz da serraria passa una rasteira em Klauss, cujo óculos quebra, e ele se vê obrigado a ir na casa em formato de olho para ser atendido pelo oftalmologista que mora lá. Ele volta de lá muito estranho, como se estivesse hipnotizado. Isso leva Violet e Sunny a crer que algo de muito esquisito aconteceu por lá, e elas logo concluem que Olaf pode estar envolvido de alguma maneira. Pobres crianças, será que nunca estarão livres das maldades do conde?


Nome: Serraria baixo-astral - Livro 04
Autor: Lemony Snicket
Editora: Seguinte
Sinopse:
Na opinião de Lemony Snicket, "de todos os volumes que contam a vida infeliz dos órfãos Baudelaire, Serraria baixo-astral talvez seja o mais triste até agora". Alto-Astral é o nome da serraria que serve de cenário para as novas calamidades que Klaus, Violet e Sunny serão obrigados a viver. Trata-se de uma "ironia do destino", pois ali, no meio daquelas árvores derrubadas, daquelas enormes toras de madeira, o que as três crianças vão encontrar é mais uma coleção de coisas horripilantes, tais como uma gigantesca pinça mecânica, bifes do tipo sola de sapato, uma hipnotizadora e um homem com uma nuvem de fumaça no lugar da cabeça. A vida dos Baudelaire é mesmo muito diferente da vida da maioria das pessoas, "a diferença principal estando no grau de infelicidade, horror e desespero"...Diante desse quadro, algum leitor desavisado pode desconfiar: "Como é que alguém vai se divertir com um livro desses, se as personagens não param de sofrer?!". A pergunta faz sentido, mas é justamente aí que descobrimos um dos melhores segredos de Lemony Snicket, pseudônimo do americano Daniel Handler. Ele leva o exagero às raias do absurdo, faz o realismo perder feio para o mais deslavado faz-de-conta e o resultado não poderia ser outro: um jogo literário incessantemente bem-humorado.

Sinopses e imagens: http://www.editoraseguinte.com.br/series/S%C3%A9rie%20Desventuras%20em%20S%C3%A9rie.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...