quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Minhas impressões – O mundo de Sofia – Jostein Gaarder


Ao recolher as cartas na caixa de correio de sua casa, Sofia Amundsen encontra um bilhete endereçado a ela, mas sem remetente, com uma pergunta que a deixa intrigada. Ela não comenta nada com a mãe, e guarda o bilhete. A partir de então, ela começa a receber diariamente bilhetes e escritos a que lê e guarda com todo o cuidado, uma espécie de curso de filosofia gratuito. Isso a instiga a pensar e descobrir coisas novas em cada acontecimento de seu dia a dia.
Entre os bilhetes e arquivos, ela recebe também um postal que tem como destinatário Hilde Knag, mas que o remetente deixa claro ter endereçado a Sofia por ser mais fácil. Segundo o postal, Hilde também está as vésperas de completar 15 anos, assim como Sofia, o que a deixa ainda mais intrigada, pois desconhece tanto a moça quanto o seu pai, remetente do postal.
Seu professor de filosofia envia um material de estudos e no mesmo dia deixa um bilhete com questionamentos para que ela reflita a respeito e que sobre os quais serão tratados no dia seguinte. Sua única condição é que eles não se conheçam pessoalmente, pelo menos por enquanto. Sofia estranha, mas aceita a condição, pois fica muito interessada no assunto.
As aulas por correspondência prosseguem, e os estranhos postais do pai de Hilde também. Sofia acredita haver relação entre ambos, mas o professor, que posteriormente ela descobre se chamar Alberto, diz que não, e demonstra até um certo aborrecimento com a intromissão do pai de Hilde e seus postais esquisitos. Algum tempo depois, o pai de Hilde começa a realizar outras intromissões nas aulas de Sofia, deixando a garota cada vez mais intrigada com a situação. Em determinado momento, conhecemos Hilde, e descobrimos os motivos pelos quais seu pai usou certos artifícios para comunicar-se com ela.

Toda a explicação filosófica contida na história é muito interessante, embora em alguns momentos se torne cansativa para quem não é muito fã do assunto. Mantive firme a meta de descobrir o desfecho da história das duas meninas, e fui em frente. Quando enfim foi revelada a verdadeira relação entre Hilde e Sofia, muitos acontecimentos narrados no início passaram a fazer mais sentido para mim.



Nome: O mundo de Sofia
Autor: Jostein Gaarder
Editora: Cia das Letras
Sinopse:
Às vésperas de seu aniversário de quinze anos, Sofia Amundsen começa a receber bilhetes e cartões-postais bastante estranhos. Os bilhetes são anônimos e perguntam a Sofia quem é ela e de onde vem o mundo. Os postais são enviados do Líbano, por um major desconhecido, para uma certa Hilde Møller Knag, garota a quem Sofia também não conhece.
O mistério dos bilhetes e dos postais é o ponto de partida deste romance fascinante, que vem conquistando milhões de leitores em todos os países e já vendeu mais de 1 milhão de exemplares só no Brasil. De capítulo em capítulo, de “lição” em “lição”, o leitor é convidado a percorrer toda a história da filosofia ocidental, ao mesmo tempo que se vê envolvido por um thriller que toma um rumo surpreendente.

Sinopse: http://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=13331

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...