quinta-feira, 28 de julho de 2016

Vi e gostei - Grey's Anatomy







Não costumo assistir a muitas coisas na TV, mas de vez em quando acompanho um seriado ou outro no Netflix. E o seriado do momento é Grey's Anatomy, e com certeza é o mais viciante dos que assisti. Tudo bem que não foram muitos, mas esse é bom demais! Vale dizer que devo esse vício a Denise, irmã da Deise, do Delírios da Deise.

Meredith Grey é uma das novas internas do Hospital Seatle Grace, e junto com Alex Karev, Cristina Yang, Izzie Stevens e George O’Malley, serão os internos da Dra. Miranda Bailey. Na noite antes de começar a trabalhar no Hospital, Meredith conhece um homem no bar e passa a noite com ele. Na manhã seguinte ela se despede dele sem nem ao menos perguntar seu nome e vai para o Hospital. Não demora muito para ela descobrir que o homem com quem dormiu é ninguém menos que o Dr. Dereck Shepherd, neurocirurgião do Seatle Grace.


Ela faz o possível para não se deixar envolver, e isso é só o começo de uma relação pra lá de complicada, envolvendo também uma ex-mulher, que também é médica e passa um período no Hospital e alguns relacionamentos passageiros, entre indas e vindas. A verdade é que Meredith é muito instável emocionalmente. Sua mãe, Ellis Grey, saiu de casa com ela quando Meredith era pequena, e ela tem pouco contato com o pai, e como a mãe é uma renomada cirurgiã, ela carrega o peso das cobranças dela, para ser tão boa quanto ou melhor do que ela era. O pai, Tatcher Grey, casou-se novamente e tem duas filhas, que em algum momento do seriado farão parte da vida de Meredith, assim como sua atual mulher, Susan.

Meredith mora na casa que era de sua mãe, e Izzie e George passam a morar com ela. Posteriormente, Alex vai morar lá no lugar de George. Cristina é a melhor amiga de Meredith, é uma pessoa pouco emocional, muito prática e direta. Ela se envolve por um tempo com o Dr. Preston Burke, cardiologista do Hospital.

E isso é só um pouquinho dessa história cativante, onde vamos acompanhando os aprendizados desses internos, seu crescimento profissional, seus dilemas amorosos, as dificuldades do dia-a-dia, amizades sinceras, pacientes salvos, pacientes que não sobrevivem, enfim, vidas que seguem adiante com perdas e ganhos diários. Pessoas comuns que matam um leão por dia e precisam manter a sanidade mental mesmo diante dos maiores desafios.

São 12 temporadas até agora, e eu estou acompanhando a 8ª pelo Netflix, e gosto cada dia mais dessa turma. Já sei de acompanhar as páginas dedicadas ao seriado no Facebook que a rotatividade de personagens é alta, e que muitas emoções virão pela frente, o que me deixa mais ansiosa ainda pelos próximos capítulos. Recomendo muito!!!


Definição do Netflix: Durante a sua residência num hospital, Meredith Grey vive paixões profissionais e pessoais com sua turma de estudantes e médicos.


Trailer 1ª temporada (não encontrei dublado nem legendado no youtube)

 

https://youtu.be/baRfki0-L2Q

2 comentários:

  1. Esse seriado é muito bom, um dos meus preferidos também.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quero ver se consigo terminar a 11ª temporada antes da 12ª liberar no Netflix, pra acompanhar certinho!
      Viciei muito, adoro!
      Beijos

      Excluir

Deixe seu comentário!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...