terça-feira, 26 de abril de 2016

Minhas impressões – Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban – J.K. Rowling



http://www.rocco.com.br/livro/?cod=1326

Terceiro livro da saga de Harry Potter, lido para o projeto Lendo Harry Potter, lançado pela Ju, do blog Nuvem Literária (falei sobre ele aqui). O primeiro é Harry Potter e a pedra filosofal (aqui), e o segundo é Harry Potter e a câmara secreta (aqui).

Harry está novamente passando as férias de verão com a família Dursley, o que está sendo muito desagradável. A situação piora quando uma irmã do tio, que tem especial prazer em humilha-lo, vai passar uns dias com a família. Ela irrita Harry a tal ponto que ele acaba fazendo algumas coisas, mesmo sem querer, que ele tem certeza que lhe garantirão a expulsão de Hogwarts.

Ele sai fugido da casa dos tios com seus pertences, e acaba indo parar no Beco Diagonal até que as aulas recomecem. No beco, todos parecem cuidar excessivamente de Harry, e ele logo descobre que há um prisioneiro de Azkaban, Sirius Black, que conseguiu fugir, e tudo o que sabem é que ele era aliado de Voldemort e traiu os pais de Harry, entregando a localização do casal e do filho para o vilão, além de ter causado a morte de outro bruxo amigo da família e vários trouxas. Os responsáveis pela prisão enviam vários dementadores, guardas muito sinistros, para ficar de guarda em Hogwarts para que Sirius não possa entrar lá e fazer mal aos alunos, sobretudo a Harry, que seria seu intuito principal, além de se reunir novamente a Voldemort.
Os dementadores tem como característica trazer às pessoas más lembranças, e com Harry não seria diferente. Quando chegam perto dele, logo vem à tona em suas lembranças a noite em que seus pais morreram, e ele ouve suas vozes, mas é tudo tão forte que faz com que ele desmaie.
Muitas outras aventuras esperam por Harry, Rony e Hermione, principalmente quando descobrem que Hagrid será professor deles nesse novo ano, o que se transforma em confusão quando um dos animais que ele usa na primeira aula acaba atacando Draco Malfoy, que transforma a situação em algo muito pior do que seria necessário.
Envolvidos com a apreensão sobre os dementadores e Sirius Black, e com a situação de Hagrid enquanto professor, os três amigos vivem suas próprias aventuras, envolvendo alguns segredos bem guardados e jogos de quadribol inesquecíveis. O desfecho dessa história não podia ser mais intrigante. Essa foi uma leitura surpreendente, muito boa mesmo.
Que venha logo maio para começarmos o quarto livro!

********************************************************************************

Nome: Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban
Autora: J.K. Rowling
Editora: Rocco
Sinopse:
As aulas estão de volta a Hogwarts e Harry Potter não vê a hora de embarcar no Expresso a vapor que o levará de volta à escola de bruxaria. Mais uma vez suas férias na rua dos Alfeneiros, 4, foi triste e solitária. Tio Válter Dursley estava especialmente irritado com ele, porque seu amigo Rony Weasley tinha lhe telefonado. E ele não aceitava qualquer ligação de Harry com o mundo dos mágicos dentro de sua casa. A situação piorou ainda mais com a chegada de tia Guida, irmã de Válter. Harry já estava acostumado a ser humilhado pelos Dursley, mas quando tia Guida passou a ofender os pais de Harry, mortos pelo bruxo Voldemort, ele não agüentou e transformou-a num imenso balão. Irritado, fugiu da casa dos tios, indo se abrigar no Beco Diagonal.

Lá ele reencontra Rony e Hermione, seus melhores amigos em Hogwarts e, para sua surpresa, é procurado pelo próprio Ministro da Magia. Sem que Harry saiba, o ministro está preocupado com o garoto, pois fugiu da prisão de Azkaban o perigoso bruxo Sirius Black, que teria assassinado treze pessoas com um único feitiço e traído os pais de Harry, entregando-os a Voldemort. Sob forte escolta, o garoto é levado para Hogwarts.
Na escola as dificuldades são as de sempre: Severo Snape, o professor de Poções, o trata cada vez pior, enquanto ele tem de se esforçar nos treinos de quadribol, e levar Grifinória à vitória do campeonato. Para piorar a situação, os terríveis guardas de Azkaban, conhecidos por dementadores, estão de guarda nos portões da escola, caso Sirius Black tente algo contra Harry. Por fim, Harry tem de enfrentar seu inimigo para salvar Rony e obrigado a escolher entre matar ou não aquele que traiu seus pais.
Com muita ação, humor e magia, Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban traz de volta o gigante atrapalhado Rúbeo Hagrid, o sábio diretor Alvo Dumbledore, a exigente professora de transformação Minerva MacGonagall e o novo mestre Lupin, que guarda grandes surpresas para Harry.
http://www.rocco.com.br/livro/?cod=1326





2 comentários:

  1. suas resenhas estão me dando cada vez mais vontade de ler os livros.
    Muito boa a história!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito legal mesmo, pena não ter lido antes, por puro desinteresse... tão fácil julgar as coisas sem conhecer, né?

      Excluir

Deixe seu comentário!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...