quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Minhas impressões – A febre – Megan Abbot

http://www.intrinseca.com.br/livro/542/

Três amigas adolescentes moram em uma cidade pequena, onde tem um lago muito esquisito, que tem coloração e textura estranhas. As três, Deenie, Lise e Gabby, tem uma outra amiga, Skye, que é mais amiga de Gabby do que das outras duas.
Deenie mora com o pai, Tom, e o irmão, Eli. Os pais são separados e a mãe foi morar em outra cidade. Deenie trabalha em uma lanchonete nos finais de semana. No final de um dos expedientes, ela tem sua primeira vez com seu colega de trabalho, Sean Lurie. Algum tempo antes, ela e as amigas tinham tomado uma vacina contra HPV fornecida pela escola. No dia seguinte ao encontro entre Deenie e Sean, sua amiga Lise tem uma crise muito peculiar durante a aula, deixando todos assustados e apreensivos. Ela é levada ao hospital, mas ninguém sabe dizer ao certo o que aconteceu com ela. No outro dia, Gabby tem uma espécie de crise também, porém mais leve. Deenie fica muito preocupada com as amigas, e quando Skye sugere que pode ser por causa do lago, ela lembra que Lise insistiu que elas fossem até lá na semana anterior, mesmo o lago estando interditado. Eli, irmão de Deenie, fica impressionado com o que aconteceu à Lise e Gabby, e fica lembrando de quando as amigas da irmã iam a casa deles, quando ainda eram crianças.
Mais uma colega de Deenie tem uma crise, e com Lise ainda internada e ninguém tendo informações seguras sobre ela ou sobre o que aconteceu às outras meninas, começam muitas especulações, e tudo fica caótico. Algumas pessoas alegam saber o que está acontecendo de verdade, mas ninguém revela nada. Deenie começa a achar que ela é de alguma forma responsável pelo que está acontecendo, a mãe de uma das garotas culpa o irmão de Deenie, Eli, tem quem ache que a culpa é da água do lago, tem quem ache que a culpa é da vacina contra HPV...
Depois de descobrir, bem no final do livro, o que realmente aconteceu, entendi algumas coisas que tinha lido no começo, mas continuou tudo meio esquisito. Eu fiquei com muito nojo do tal lago, e não entendo como alguém poderia entrar em um lago como esse descrito no livro e sair ileso (eca!!!). Até agora estou sem entender o que o nome do livro tem a ver com a história... Estava bem curiosa sobre esse livro, e esperava um pouco mais da história, mas não dá para ser feliz com todos os livros que lemos, não é? No final das contas pelo menos teve uma explicação para o que aconteceu, mesmo que, do meu ponto de vista, tenha sido decepcionante...

******************************************
Nome: A febre
Autor: Megan Abbott
Editor: Intrínseca
Sinopse:
Deenie e Lise estudam na mesma escola e são amigas inseparáveis. Quando Lise sofre uma inexplicável e violenta convulsão no meio da sala de aula, ninguém sabe como reagir... até que outras meninas começam a exibir sintomas similares. Envolto em teorias e especulações, o pânico se alastra pela cidade, ameaçando a frágil sensação de segurança de todos os envolvidos, que não conseguem compreender a causa da doença terrível e misteriosa.
http://www.intrinseca.com.br/livro/542/

2 comentários:

  1. A história me lembrou um caso de umas meninas que começaram a ficar doentes por causa da vacina HPV.
    Às vezes ou autores fazem umas coisas ilógicas que ficam difíceis de engolir. Como alguém entraria em um lago super sujo? É verdade, nem sempre dá pra ser feliz.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tinha bastante expectativa na leitura, mas foi bem decepcionante.

      Excluir

Deixe seu comentário!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...