segunda-feira, 15 de junho de 2015

Minhas impressões - Mar da Tranquilidade - Katja Millay

Desde o início da narrativa, fica claro que alguma coisa aconteceu e mudou radicalmente a vida de Nastya, mas só vamos descobrir exatamente o que foi depois da metade do livro. Enquanto isso, ela dá algumas pistas, mas não esclarece muitas coisas. Ela não fala, e isso também foi uma consequência do que aconteceu com ela, mas começou quase um ano depois do incidente. Depois disso, ela se muda para a casa de sua tia, Margot, que mora em uma cidade próxima, na tentativa de recomeçar a vida e voltar à escola. Ela tenta de todas as maneiras chamar a atenção para as coisas erradas sobre si, vestindo-se com roupas curtas e usando saltos muito altos. Ela acha que assim pode se esconder melhor, talvez até de si mesma. A princípio, ela não quer fazer amizade com ninguém, mas acaba de alguma forma sendo amiga do conquistador Drew Leighton e atraída, até mesmo fascinada pelo quieto Josh Bennett, que parece ser tão estranho quanto ela mesma. Todos a vêem junto a Drew, mas ela começa uma amizade secreta com Josh, que não demora muito se transforma em algo mais. Só que ela não está pronta para se relacionar com ninguém, até que resolva suas pendências com seu passado e com a pessoa que "matou" tudo o que ela era, e Josh tem medo de amar alguém e acabar perdendo essa pessoa, como aconteceu com toda a sua família.
Eu achei a história muito interessante, embora muitas vezes tenha dado vontade de chacoalhar Nastya e dizer para ela parar de ser boba e se entregar ao seu sentimento por Josh, porque pode ajudar e muito a superar o que aconteceu, ou pelo menos amenizar sua dor e sua solidão, e o sentimento de inadequação que carrega consigo. Ambos precisam de muito amor, e podem encontrar isso um no outro, mas ficam presos a seus medos e seus passados, e não curtem direito o que rola entre eles. Há também Drew, que é amigo dos dois e muitas vezes se vê entre eles, percebendo que se amam mas não sabem como lidar com a situação. Só que ele não é a pessoa mais indicada para dar conselhos amorosos, uma vez que sua vida sentimental é ofuscada pela sua fama de mulherengo. Essa amizade rende aos três momentos muito bons e muito ruins. Eles ao mesmo tempo se ajudam e se atrapalham, e criam algumas confusões. E de fato, só quando Nastya se vê cara a cara com o seu passado e acerta as contas com ele, é que consegue decidir-se a recomeçar e fazer da sua vida algo que valha a pena, inclusive acreditar no amor.


http://www.editoraarqueiro.com.br/livros/ver/276


Nome: Mar da Tranquilidade
Autor: Katja Millay
Editora: Arqueiro
Sinopse:

Nastya Kashnikov foi privada daquilo que mais amava e perdeu sua voz e a própria identidade. Agora, dois anos e meio depois, ela se muda para outra cidade, determinada a manter seu passado em segredo e a não deixar ninguém se aproximar. Mas seus planos vão por água abaixo quando encontra um garoto que parece tão antissocial quanto ela. É como se Josh Bennett tivesse um campo de força ao seu redor. Ninguém se aproxima dele, e isso faz com que Nastya fique intrigada, inexplicavelmente atraída por ele. A história de Josh não é segredo para ninguém. Todas as pessoas que ele amou foram arrancadas prematuramente de sua vida. Agora, aos 17 anos, não restou ninguém. Quando o seu nome é sinônimo de morte, é natural que todos o deixem em paz. Todos menos seu melhor amigo e Nastya, que aos poucos vai se introduzindo em todos os aspectos de sua vida. À medida que a inegável atração entre os dois fica mais forte, Josh começa a questionar se algum dia descobrirá os segredos que Nastya esconde – ou se é isso mesmo que ele quer.
http://www.editoraarqueiro.com.br/livros/ver/276

2 comentários:

  1. Esse livro não me chamou a atenção. Parece meio paradinho.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é bem bacana, só que fica todo o mistério sobre o que aconteceu com ela por muito tempo, e achei umas coisas meio forçadas. Fora isso, os dois protagonistas sofreram um bocado e tem dificuldades em lidar um com o outro, e com o mundo, mas eles conseguem interagir e se entender. Essa parte do livro é bem legal.

      Excluir

Deixe seu comentário!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...