terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Minhas impressões - A mais pura verdade - Dan Gemeinhart (degustação)

Esses dias a Editora Novo Conceito me enviou pelo correio algumas páginas do livro “A mais pura verdade”, de Dan Gemeinhart, que eles lançarão em Março, para ler e postar minhas impressões.

***
Quando Mark resolve, aos 12 anos e doente, tomar as rédeas da sua vida e encarar uma aventura que pode leva-lo à morte, tudo pode acontecer. Logo no início de sua jornada rumo a Montanha Rainier, sua força de vontade é posta à prova por sua própria saúde e pelo encontro com alguns garotos mau intencionados. Ele deixou para trás seus pais e sua melhor amiga Jessie, seguindo apenas com seu cachorro Beau, uma mochila e sua máquina fotográfica, além de poucos dólares e passagens que adquiriu pela internet.
Jessie é amiga de Mark desde sempre, e eles não tem segredos entre si. Ele deixou um bilhete de despedida para os pais e um outro para ela, no local secreto deles, dando pistas de para onde foi. Ela fica dividida entre a lealdade ao amigo e a responsabilidade de avisar seus pais de seu possível paradeiro, uma vez que Mark está muito doente e pode não sobreviver à aventura a que se propôs.
É impossível não se sensibilizar com a situação de Mark, mesmo sabendo que ele está cometendo a maior loucura, e que pode não voltar para casa. Mas seguindo seu plano, ele poderá realizar seu sonho de escalar uma montanha, já que muitos outros sonhos aparentemente não serão mais possíveis em sua vida. Dá vontade de entrar na história e ajuda-lo de alguma forma.
Estou curiosa para saber até onde vai a coragem de Mark e a lealdade de Jessie, se ele sobreviverá à aventura, se ele realmente foi embora porque sabia que de qualquer forma teria pouco tempo de vida e queria fazer algo a mais por si mesmo antes de morrer. Todas essas dúvidas ficarão em suspenso até o lançamento do livro, no final de março. Aguardarei ansiosa!!!

Figura – Arquivo particular

Nome: A mais pura verdade
Autor: Dan Gemeinhart
Editora: Novo Conceito
Sinopse
“Nunca é tarde demais para viver a maior aventura da nossa vida.”
Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha. Mas, em certo sentido – um sentido muito importante -, Mark não tem nada a ver com as outras crianças. Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram. Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier. Nem que seja a última coisa que ele faça.
Sinopse disponível na prova do livro

2 comentários:

  1. Não recebi essa degustação, mas pela sua resenha fiquei com vontade de quero mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se quiser, te empresto o livro. Ainda não consegui ler, quando ele chegou já tinha começado outro, e agora tem a outra degustação para resenhar, e essa tem prazo... rsrsrsrs
      Quando terminar te aviso, ai se você quiser passo deixar na sua casa.
      Beijos

      Excluir

Deixe seu comentário!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...