quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Meus textos – Escritora de livro nenhum

Eu queria escrever. Queria ter imaginação para criar histórias, personagens intrigantes, enredos interessantes. Gosto muito de ler, e me sentir parte da história, como um expectador, alguém em segundo plano que está ali para assistir o desenrolar da trama, ou vivê-la, se for narrada em primeira pessoa. Impressionante o poder que as palavras tem sobre o nosso cérebro, porque podemos estar em tantos lugares ao mesmo tempo, vivendo tantas coisas, tantos momentos. Gosto de histórias assim, que me levam a mundos diversos. Queria poder escrever histórias, mas sei que para isso é preciso ter conhecimento do que se vai escrever. Não posso criar um personagem sem ter o mínimo de conhecimento sobre sua profissão, o local onde mora, os lugares que frequenta. Não tenho conteúdo para tanto. Não posso só escrever coisas baseada na minha própria vida. A minha vida já é minha. Se for para escrever, que seja sobre outras pessoas, outras vidas. Posso escrever com minha imaginação, criar imagens e ideias em minha cabeça e deixar rolar o pensamento. Ficção pura. Já tenho postado alguns textos aleatórios, não sei se contos ou crônicas (qual a diferença entre um e outro? Que nome devo dar para minhas viagens à terra da inspiração???). Enfim, não importa o nome, importam as palavras. Ideias que vão e vem, e nem sempre podem ser aproveitadas. As palavras e histórias que existem somente na minha cabeça, e se não forem registradas, vão ficar só lá mesmo. Deixa rolar, bora escrever, vamos ver o que dá.

Um comentário:

  1. Eu já cheguei à conclusão de que não poderia escrever um livro, nem nada parecido. Me falta imaginação. Mas se você tem, Mãos à obra menina!!

    Beijos

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...