terça-feira, 28 de outubro de 2014

Invertendo os papéis

Minha filha frequenta a mesma escolinha desde que voltei da licença maternidade, há 4 anos e meio. Nunca tivemos problemas para que ela ficasse lá todas as manhãs, raríssimas exceções em que ela fez um pouco de drama, mas fora isso sempre pegou sua mochilinha, deu "tchau" e entrou feliz e faceira. Isso sempre me deixou orgulhosa, porque sempre víamos outras crianças armando o maior berreiro para ficar na escola, e geralmente ela ia lá e incentivava essas crianças a entrarem e não chorarem.
Mas hoje de manhã, quando fui deixá-la na escolinha, ela grudou em mim, sem fazer manha e sem chorar, apenas me abraçando. Conversei com ela, que precisava ir ao trabalho, para ela entrar com as tias e tal, mas ela disse que queria trabalhar comigo, e ficou me abraçando. Ficamos um tempo assim, negociando, até que chegou um coleguinha dela e fez o que ela sempre fazia, incentivou-a a entrar. Achei tão bonitinho, ela viu o menino chegando, ele chamou e ela quis entrar junto, e lá foram os dois, lado a lado para a sala de aula.
Ao mesmo tempo, fiquei feliz dela ter pensado em ficar comigo também, dá uma sensação gostosa de que sou realmente importante para ela, que ela gostaria de ficar mais tempo comigo. Amo tanto a minha bonequinha!!!

http://www.tocadacotia.com/cultura/infantil/dicas-para-lidar-com-a-birra-medo-e-manha-das-criancas


Um comentário:

  1. Que lindo isso. Essa crespa sempre nos surpreendendo. Beijos.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...