terça-feira, 7 de outubro de 2014

As crianças e os amigos

Ontem minha pequena chegou em casa muito chateada, porque durante um passeio da sua escolinha, uma determinada coleguinha que era sua amiga resolveu que não queria mais ser sua amiga, e sim ser amiga de outra coleguinha. Conversamos com ela, para tentar entender a situação, até porque não bastasse isso, veio uma reclamação de que ela havia gritado com a professora. Ela nos contou essa história da amiguinha e eu não entendi direito onde a professora entrou no assunto e levou os "gritos".
Imagino eu, que ela tenha ficado frustrada com a situação da amiguinha, e foi falar com a professora para interceder com a menina e elas voltarem a ser amigas. Como nós, adultos, sabemos que amizade não se faz e desfaz dessa forma, a professora resolveu  não se envolver, o que a frustrou mais ainda, e resultou nos gritos e choro relatados pela professora. Situação complicada... explicamos que ela não deve gritar com ninguém, que é muito feio e demonstra falta de educação, e ela se comprometeu a pedir desculpas às professoras envolvidas.
Quanto às amizades, quase chorei junto com ela, porque ela contando que a menina não queria ser mais sua amiga, e que nenhum dos outros colegas era seu amigo, e chorando muito sentida. Pedimos a ela que procure ser legal com os coleguinhas, para que eles sejam seus amigos novamente. E assim vamos nós, nos envolvendo com os problemas da pequena, tentando moldar a personalidade forte dela para que se adapte aos círculos de amizade, sem tentar "dominar" o ambiente e o grupo, apenas participando como membro da equipe, e não liderando a todos o tempo todo, como parece ser sua tendência natural.
Escrevi às professoras que conversamos com ela, e pedindo informações de a quantas andam as amizades da pequena, se realmente estão havendo problemas entre ela e as outras crianças ou se ela está dramatizando a situação. Vamos ver o que elas me dizem.

http://semeandocatequese.blogspot.com.br/2010/07/quando-o-amigo-pisa-na-bola.html#.VDPkMvldXVY

Um comentário:

  1. Ai que dózinha dela. Torcendo pra que dê tudo certo.
    A gente fica assim chorando com os filhos, né? É muito complicado mesmo. Eu tento ensinar a Isa de que ela deve ser amiga de todas as crianças, justamente pra ela ter amigos e não deixar nenhum outra criança sem amigos, além de não praticar bullying, mas ela já chegou chorando porque uma criança não queria ser amiga dela. Não tem como o coração não ficar apertado.

    Beijos

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...