quinta-feira, 31 de julho de 2014

Amigas e trabalho

Meu primeiro emprego foi na papelaria dos pais da minha amiga Kelly. Quer sorte maior? Trabalhávamos e conversávamos o dia todo. Eu estava rodeada de materiais escolares, que adoro, e papeava o dia todo com minha melhor amiga. Perfeito! Foram quase 10 meses, e guardo boas lembranças de lá. Eu e a Kelly não temos mais o contato diário que tínhamos na época, mas a amizade e o carinho continuam.

Depois trabalhei 5 anos em uma empresa de venda de aço para construção. Lá conheci a Fabiana, e levei a Deise (Delírios da Deise) para trabalhar comigo. Show de bola, agora tinha duas amigas no mesmo local de trabalho. Eu e a Deise nos conhecemos na faculdade, e foi amizade à primeira vista (rsrsrsrsrs). Ambas desistimos da faculdade, saímos da empresa, mas a amizade continua. Com a Fabiana, fomos nos conhecendo e confiando uma na outra aos poucos, no dia-a-dia de uma sala onde trabalhávamos só nós duas. A amizade foi crescendo, e hoje, seis anos depois de ter saído de lá, ainda tenho saudades dos nossos dias corridos e animados. Conversamos por telefone de vez em quando, para por as fofocas em dia.

Agora faz seis anos que trabalho com a Maritza. Foi engraçado, porque depois de um tempo, nós duas confessamos que tivemos medo de conhecer uma a outra, porque ela sabia que viria uma moça trabalhar na área, e eu não sabia bem o que iria encontrar, porque a empresa é grande, e eu já tinha encontrado todo tipo de “desfile de moda” pelos corredores quando vinha acertar os detalhes na área de Recursos Humanos. Mulherada mais chique, gente como nós duas, de estilo mais “casual”, mulherada mais “tô nem aí”... enfim, eu com medo de ser uma estranha no ninho das mais chiques e ela com medo de eu ser dessas mais chiques. No final das contas, tudo certo, as duas da mesma “tribo” e amizade que segue. Não trabalhamos no mesmo espaço físico, mas o cafezinho de manhã e depois do almoço é sagrado.

Aí tem minha amiga Raquel. Nos conhecemos na faculdade também, mas não chegamos a trabalhar juntas. Não que não tenhamos tentado, ela até me indicou para estagiar na empresa onde trabalha, há uns sete anos atrás, mas não era para ser. Mantemos contato diário por email, e de vez em quando juntamos nossos maridos e filhas para uma refeição na casa de uma ou da outra.



2 comentários:

  1. Saudades de te ver todo dia. O carinho continua aqui. Vamos conversar mais, vou bater ponto aqui no seu blog, kkkk.


    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Sinto falta dos nossos papos...
    Obrigada pelo carinho!!!
    Bjus

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...